sábado, 4 de outubro de 2014

PLANTAS MEDICINAIS

PREFEITURA DE JARAGUÁ DO SUL
SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO
DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL        
Plano de Trabalho com Projetos - Professor

Roteiro para elaboração do Plano de Trabalho com Projetos utilizando gêneros textuais.
1. Identificação:

Escola Municipal de Ensino Fundamental: Alberto Bauer e Guilherme Hanemann
Professoras: Margalise Towe Kneubiüher 2º 03
                     Marlete Feder 2º 02
                     Solange Demarchi Voltolini 2º 01

2. Tema

Qual tema: Plantas/ervas Medicinais.

Subtemas: A sua importância para a saúde.

3. Apresentação
Este projeto vem resgatar o uso de remédios alternativos e naturais, no desejo de poder auxiliar a comunidade local no tratamento e prevenção de doenças mais comuns e de menor gravidade, possibilitando assim um acesso alternativo a cura pelo poder das plantas medicinais. Muitos estudos científicos suportam e confirmam a eficácia e a segurança do uso terapêutico de determinadas plantas medicinais. Sua eficiência terapêutica e a toxicologia ou segurança do uso, dentre outros aspectos, estão cientificamente aprovadas a serem utilizadas pela população nas suas necessidades básicas de saúde, em função da facilidade de acesso, do baixo custo e da compatibilidade cultural com as tradições populares, entretanto deve haver uma maior preocupação no sentido de auxiliar quanto ao modo correto de uso e alertar quanto à toxidez de algumas espécies[A1] , As pessoas interagem constantemente com uma diversidade de textos produzidos pela sociedade. Assim, diante dessa diversidade, escolheu-se incluir neste trabalho o estudo de alguns gêneros textuais. O aprendizado da Língua Portuguesa constrói-se por meio de textos, sejam eles escritos ou orais, caracterizados como gêneros textuais que cumprem papel fundamental na construção dos textos falados ou escritos. Cada contexto ou situação diferente de comunicação determina um gênero. 

4. Objetivo Geral
Oportunizar ações, complementares as atividades curriculares escolares, que possibilitem aos educadores, alunos, seus familiares e a comunidade onde estão inseridos a construírem coletivamente uma alternativa de utilização de remédios naturais com o cultivo de plantas medicinais[A2] . Identificar alguns gêneros textuais usados no dia a dia e compreender suas características centrais. Estimular o aluno a produzir diferentes gêneros textuais reconhecendo a expressão escrita como forma de comunicação, bem como desenvolver habilidades que o capacitarão a escrever adequadamente.  



5. Objetivos específicos
* Oportunizar aos alunos a aprendizagem ao cultivo de plantas utilizadas como remédios;
* Conscientizar da importância de estar utilizando um medicamento natural;
* Descobrir quais os benefícios de algumas plantas medicinais para a nossa saúde;
* Conhecer a importância do uso das plantas medicinais;
* Conhecer as propriedades medicinais de diferentes plantas;
* Identificar as principais plantas medicinais utilizadas no Brasil;
* Trabalhar a receita de chás preparados com plantas medicinais;
* Montar com a turma um livrinho sobre as plantas utilizadas pelos familiares;
* Interpretar informações em gráfico e tabela;
* Consultar gráficos para responder a questões apresentadas;
* Construir tabela a partir de levantamento de dados;
* Utilizar os recursos existentes no laboratório de informática (TDIC) visando construir conhecimentos novos relativos ao tema da aula.

6. Conteúdos curriculares, disciplinas envolvidas

* Língua Portuguesa ( lista, texto, parágrafo, folheto,  dicionário, receita, literatura infantil ”Chá das dez”)
* Matemática (gráfico, tabela, hora)
* História (história dos chás)
* Geografia (Localização da região de origem dos chás)
* Artes[A3]  ( livro, jogo, vídeo, decoração com CD)

7. Parceiros envolvidos no projeto

Professoras:  Margalise, Margarete, Marlete, Solange.
Bibliotecárias: Lucilene e Marilse.
Orientadora: Tatiane.
Administrador: Alex
Aluno (a) auxiliar na informática: Vinicius
Serviços gerais: Sr. Pedro
Pais dos alunos.
Merendeiras.

8. Plano de ações

Ação 1
Fazer o espaço da “rodinha da conversa” para motivar os alunos, colocando em uma caixa algumas ervas para estimular os alunos a adivinharem o que tem dentro da caixa. Neste momento as crianças registrarão em frases suas hipóteses do que há dentro da caixa.
Tempo previsto: 1 aula.
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas.

Ação 2
Após questionar:
·         O que tem dentro da caixa?
·         Quais os nomes dessas ervas e plantas?
  • Alguém já experimentou o chá dessas ervas?
  • Para que serve essas ervas?
  • Você sabe o que é planta medicinal? Exemplifique.
  • Existem outras plantas medicinais que você conhece? Quais? Onde foi que você conheceu? 
  • Pedir para pegarem e sentirem se tem cheiro.
Neste momento listar em forma de texto coletivo as certezas provisórias e dúvidas temporárias as informações das crianças para verificação no término do projeto;
Tempo previsto: 1 aula.
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas.

Ação 3

Contação da história “Chá das dez” livro infantil do autor Celso Sisto. Confeccionar relógios, utilizando CD.

Tempo previsto: 2 aula.
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas.

Ação 4

Após o diálogo informar aos alunos, que muitas plantas e ervas são usadas no tratamento e prevenção de doenças ou dores, mas o seu uso inadequado pode causar efeitos colaterais. A arte de curar através de plantas é uma forma muito antiga de tratamento, que está fundamentada no acúmulo de informações, através de sucessivas gerações. Há muitos séculos as plantas vêm sendo consideradas fontes medicamentosas, empregadas em preparações tradicionais de: chás, sucos, xaropes, cataplasmas, tinturas, ungüentos...
Quem não ouviu falar no chazinho da vovó?

Tempo previsto: 1 aula.
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas.

Ação 5

Escolher com os alunos, uma planta da caixa levada para a sala de aula e preparar um chá[A4] . Após registrar a receita.

Tempo previsto: 2 aulas.
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas.

Ação 6

No Laboratório de Informática (TDIC) em dupla, pesquisar e listar ervas medicinais destacando:
·         O nome cientifico e popular;
·         Qual a função medicinal;

Socializar com a turma o que aprendeu no decorrer da pesquisa. Expor o material em forma de livro com ilustração de modo que: alunos, funcionários e pais possam prestigiá-los e aprender mais sobre o assunto[A5] .

Tempo previsto: 3 aulas.
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas, aluno (a) auxiliar na informática.

Ação 7
Propor uma roda de conversa sobre a lista feita por cada dupla. Logo após pedir que os alunos criem um gráfico dos chás pesquisados. Fazer a Interpretação do gráfico através de atividades. Construir uma tabela da votação dos chás a serem degustados no decorrer da semana.
Tempo previsto: 3 aulas.
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas.

Ação 8
Dividir a turma em grupos, entregar um texto diferente para cada grupo (Plantas medicinais - Fique atento - Hora da colheita - Normas gerais para a colheita – O que é planta aromática). O texto deverá ser recortado em parágrafos para que os mesmos possam montá-lo. Feita a montagem cada um dos grupos deverá ler o texto em voz alta e explicar para os demais grupos quais são as informações mais importantes trazidas pelo texto. Solicitar que os alunos, durante a leitura inicial dos textos, grifem as palavras desconhecidas e procurem o significado das mesmas no dicionário e registrem[A6] .

Tempo previsto: 2 aulas.
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas.

Ação 9

Com os nomes científicos pesquisados anteriormente, construir uma tabela para o jogo da forca.
Como jogar:
Dividir os alunos em equipes e escolher uma palavra da lista.
Desenrolar:
Cada equipe poderá dizer uma letra que acredita fazer parte da palavra escolhida pela professora. A professora irá verificar se a palavra que a equipe escolheu possui a letra. Caso a letra escolhida pertença à palavra, a professora colocará a letra sobre o risco correspondente à posição que a letra possui na palavra.
Recomenda-se a jogada da mesma forma e vencerá o jogo a equipe que primeiro completar 3 pontos.

Tempo previsto: 1 aula.
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas.

Ação 10

Confeccionar com os alunos um folheto informativo, com a gravura dos chás e suas propriedades.

Tempo previsto: 2 aulas
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas.

Ação 11

No espaço do laboratório de informática (TDIC) exibir vídeos para obter um melhor aproveitamento do conteúdo trabalhado nas aulas, assim ficarão mais informados sobre o tema.
https://www.youtube.com/watch?v=GiScy0glleI - Germinando Sementes no Papel Toalha.
https://www.youtube.com/watch?v=_uAWzTK3p0g - Fitoterapia: cura através das plantas.
https://www.youtube.com/watch?v=q79cMHTk9RU - Passeio virtual no jardim de ervas medicinais.

Tempo previsto: 1 aula.
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas, aluno (a) auxiliar na informática.

Ação 12
Cada aluno deverá trazer um recipiente (galão) de 5 litros para montarmos uma horta medicinal com as ervas, de preferência as já listadas anteriormente. Identificar o nome da erva medicinal, através de “placa de identificação”.
Tempo previsto: 1 aula.
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas.

Ação 13

Pesquisar receitas do emprego de ervas medicinais/aromáticas na culinária e montar um livro com as receitas.

Tempo previsto: 3 aulas.
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas, pais.

Ação 14
Visitar o site abaixo para obter informações sobre as plantas medicinais aprovadas pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que regulamenta o uso das plantas e ervas medicinais e estabelece os limites máximos de dosagem diária das plantas populares.
 http://mdemulher.abril.com.br/saude/reportagem/vida-saudavel/plantas-medicinais-sao-aprovadas-pela-anvisa-540141.shtml
Tempo previsto: 1 aula
Profissionais envolvidos: Professores regentes das turmas, aluno (a) auxiliar na informática.


9. Tempo total de realização do projeto: 10 dias letivos

10. Material e suporte necessários

* Recurso humano
* Computador
* Livros/revistas
* Xérox
* Maquina fotográfica
* Mapa
* Data show
* Galões 5L
* Capsulas vazias
* Descartáveis 2L
* Sementes de chás
* Mudas de ervas medicinais

11. Produto final:

O trabalho será divulgado na Seminário do PNAIC;
Postagem no site da escola e no blog da professora Solange;
Servir chá no local do evento;
Na cápsula dicas de chás;
Mural de fotos
Produções
Lembrancinha de chá plantado em pote para o dia do evento[A7] .

12. Instrumento(s) e critérios de avaliação[A8] 

É de suma importância observar se os alunos estão participando e realizando as atividades propostas, a fim de poder auxiliá-los no processo de aprendizagem. A avaliação poderá ser feita em todos os momentos da aula, nos quais deverá verificar se os alunos conseguiram: descobrir quais os benefícios de algumas plantas medicinais para a nossa saúde; conhecer a importância do uso das plantas medicinais; trabalhar a receita de chás preparados com plantas medicinais; montar com a turma um livrinho das plantas utilizadas pelos familiares e utilizar os recursos existentes no laboratório de informática (TDIC)  para as pesquisas e resoluções das atividades propostas. É também importante considerar as avaliações individuais ou grupais dos alunos, quanto ao resultado das atividades realizadas.








Um comentário:

  1. amei sua proposta. vou colocar em prática algumas experiências com minha turminha do maternalzinho.
    beijos.

    ResponderExcluir